Home
Institucional
Diretoria
Estatuto
Prestando Contas
Política de Privacidade
Contato
Atualização Cadastral
Cadastro de Empresas
Contribuição Sindical
Anuidade / Contrib. Associativa
Tabela de Honorários
Bolsa de Empregos
Convênios
Notícias
Cursos e Palestras
Agenda de Eventos
Fotos
Vídeos
Agradecimentos
Instituições de Ensino
Sites Úteis
Assembleias
Boletim da Profissão
Boletim Jurídico
Boletim Notícias
Boletim Saúde
Convenções Coletivas
Cursos Realizados
Eleições 2022
Grupo Prefeituras
Legislação
Retrospectivas
Home > Notícias > Leitura
Publicações

No intuito de aproximar a divulgação de trabalhos e oportunidades para Médicos Veterinários, criamos mais um mecanismo de comunicação: O WhatsApp do SINDIVET-PR. Uma forma mais rápida e eficaz de transmitir conteúdo!

Para receber nossas informações, caso você ainda não esteja recebendo, salve nosso número de WhatsApp (41) 3322-0151 na lista de contatos do smartphone, e nos envie uma mensagem com seu nome completo, telefone e CRMV. Pode ser pelo WhatsApp, pelo Direct do Instagram (@sindivetpr) ou em nosso e-mail  sindivetpr@sindivetpr.org.

Para salvar mais rápido nosso WhatsApp, disponibilizamos o QR Code, que você pode escanear com a câmera ou pela galeria de fotos do seu celular.

Teremos em breve grandes novidades através deste canal, então aproveite mais esta ferramenta para ficar por dentro de oportunidades, notícias, cursos, eventos e muito mais assuntos de interesse da classe. Também neste WhatsApp, os profissionais podem entrar em contato direto com o SINDIVET-PR.


O serviço é para sócios e não-sócios!

Saudações Veterinárias!

57 visitas

 

novo R. Com.Macedo, 39-8º and. Cj. 82 Curitiba/PR CEP: 80060-030 - sindivetpr@sindivetpr.org - Fone: (41) 3322-0151 / 3029-0159 / 99882-0214

 

Desenvolvimento: www.proluv.com.br

 
  • Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade e Utilização de Cookies bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes. Saiba mais